Caso Vitoria Gabrielly 

Caso Tom Nogueira

Caso Mercia nakashina

Caso Bianca Consoli 

CASO :Vitória Gabrielly Guimarães Vaz tinha 12 anos quando desapareceu, em 2018, após sair de casa para andar de patins, em Araçariguama. O corpo dela foi encontrado oito dias depois, no meio de um matagal e perto dos patins. Três pessoas foram presas e indiciadas por homicídio doloso suspeitas de envolvimento no crime. https://g1.globo.com/sp/sorocaba-jundiai/noticia/caso-vitoria-policia-civil-conclui-inquerito-sobre-morte-da-menina-em-aracariguama.ghtml

CASO : Tom Nogueira, o pai do vendedor morto após sair de uma casa noturna na madrugada de domingo na Zona Leste de São Paulo afirmou na manhã desta segunda-feira (25) que os seguranças do Vitrini Show

são responsáveis pela morte do filho.

https://terradocju.blogspot.com/2013/11/segurancas-espancaram-e-mataram-meu.html

 

CASO: Mércia Nakashima, o ex-policial militar e advogado Mizael Bispo, sentenciado a 22 anos e oito meses de reclusão pela morte da ex-namorada, Mércia Nakashima, deixou a prisão após ser beneficiado por uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça) pelo fato de pertencer ao grupo de risco de infecção pelo novo coronavírus.https://noticias.r7.com/sao-paulo/condenado-pela-morte-de-mercia-nakashima-deixa-o-presidio-em-sp-26082020

CASO : Bianca Consoli, o assassinato de Bianca Consoli está prestes a completar nove anos. O sentimento de Marta Maria Ribeiro Consoli, mãe da vítima, é de indignação: o ex-genro, Sandro Dota, que matou Bianca, foi absolvido das acusações de estupro contra os dois netos de Marta. "Nós ainda não descobrimos de quem foi essa determinação, mas vamos reverter isso"

https://delas.ig.com.br/comportamento/2020-08-09/assassinato-de-bianca-consoli-eu-visito-um-tumulo-gelado-toda-semana-diz-mae.html,

CASO : Lucilene Maria Ferrari, 48 anos, empresária. No dia 24 de dezembro de 2019 ela saiu de casa e desapareceu. De acordo com a nora dela, na véspera de Natal, Lucilene comentou que passaria a ceia na casa da irmã, mas ela não foi e sumiu sem deixar pistas. A família suspeitou que a mulher teria ido visitar o filho - Wermerson Ferreira da Silva - que está preso, mas o CDP da cidade de Pacaembu informou à família que a última vez que Lucilene esteve no presídio foi em agosto de 2019. Lucilene nunca tinha sumido antes, não é usuária de drogas, não tem nenhum vício e não tem problemas de saúde. 

https://recordtv.r7.com/cidade-alerta/acompanhe-os-casos/caso-lucilene-acompanhe-o-misterio-do-desaparecimento-da-empresaria-17082020

CASO LUCILENE FERRARI

REDE NAVV

  • Facebook ícone social

Título 1

WhatsApp Image 2022-05-30 at 16.29.29 (1).jpeg
WhatsApp Image 2022-05-22 at 12.42.57.jpeg
E.P.S logo
Free Forest Trust logo
Savana logo